No próximo dia 16 de novembro, o tema “Vidas que importam: direitos humanos e diversidade trans” vai ser abordado em um seminário, no Auditório Nilton Lins, localizado na Unidade II. O intuito é promover o debate sobre a realidade das pessoas trans, sua organização, bandeiras de luta e políticas públicas para esta população.
Na atividade, os discentes terão a oportunidade de discutir sobre as questões relevantes acerca da ética no exercício profissional, com foco no debate dos direitos humanos, articulando as demandas da população e as políticas públicas de combate à transfobia em Fortaleza.
“A realização do Seminário Direitos Humanos e Diversidade Trans promoverá a articulação entre representantes do movimento social trans, operadores das políticas públicas para essa população, alunos de Serviço Social, corpo discente e docente a fim de conhecer as demandas das/os transexuais, o posicionamento da categoria profissional”, afirma  a professora Silvana Pereira Cavalcante, proponente do evento.
A mesa será composta pela coordenadora do curso de Serviço Social, Profa. Silvana e pelos membros da Comissão do Seminário. O encontro é voltado para estudantes de Serviço Social e quem se interessar pelo tema.


 

 

Revista

×